HostGerente
  • 11 | setembro
  • 2017

Backup: Mantenha seus dados seguros!

O mundo se tornou conectado. Você é totalmente dependente de seus dados online. Você já verificou suas rotinas de backup hoje?
É sobre isso que vamos falar.

Backup e a Recuperação de desastres

Falha de hardware. Bug no sistema operacional. Bug no painel de hospedagem. Tela Azul da morte (agora com carinha sorridente). Culpa do datacenter, culpa do técnico, culpa de todos, culpa de ninguém… desastres naturais, desastre financeiro (alguém esqueceu de pagar o datacenter). Caiu a internet na hora do backup. Não adianta reclamar, fique atento agora e evite um super problema depois!

Primeiro, faça uma escolha sincera.

Você quer criar seu próprio sistema de backups e controlar todo o processo manualmente? Dessa forma você controla totalmente o processo de compactação e arquivamento dos dados. Logo depois, pode gerenciar o transporte desse super arquivo compactado para um dispositivo remoto. Nesse caso, se prepare para o desgaste emocional, para longas horas de debug e validação de todos os processos e para grandes supresas nessa vida de Sysadmin Hardcore;

Você quer utilizar um sistema especialista que te deixa livre pra investir tempo em seu negócio? Bem, essa é a minha escolha, afinal, todos precisamos de tempo pra investir no negócio principal da empresa.

 

O que um sistema de backups especializado em Hospedagem deve fazer?

1 – Backup e Restauração padronizado: Isso significa que você deve ser capaz de fazer recuperações de backup de maneira otimizada e automatizada.

2 – Integração ao Painel de Controle: Se você usa cPanel, CWP, VestaCP, ISPConfig ou Plesk, não se preocupe, o sistema de backup deve ser capaz de gerenciar tudo de maneira transparente, quase como mágica.

Tudo bem, eu tenho um super servidor de hospedagem, e agora me preocupo com os dados de meus clientes.

 

Qual é uma boa e simples estratégia de backup?

Tenha essa estratégia como sua base inicial:

1 – O sistema operacional sempre é instalado em RAID (isso mantém o sistema principal protegido).

2 – O primeiro backup (full) é gerado em um HD adicional no servidor. O motivo é simples, a transferência dele é extremamente rápida.

3 – Uma cópia do backup (full) é mantida em um servidor remoto. Aqui eu uso um datacenter Geograficamente Distribuído.

4 – Outra cópia do backup (incremental) fica armazenada em outro Datacenter. Melhor distribuir os dados e garantir que eles sempre estarão acessíveis, mesmo que ocorra uma catastrofe em um dos Datacenters.

Mas, quantas retenções devem ser feitas em cada backup? Isso depende da importância que os dados de seus clientes possuem pra você.

 

Certo, agora que você já preparou e implantou todo o esquema de backup de seu servidor de hospedagem, faça um agendamento para validação dos logs de seus sistema de backups e pronto. Tudo que você deve fazer é ficar atento a esse sistema de Logs.

Uma ótima alternativa é utilizar o software Jetbackup, ou se preferir, mantenha o backup default do cPanel que agora também permite backups incrementais.

 

Achou tudo isso confuso, complexo ou simplesmente não quer investir tempo em Planejar e Implementar uma solução de backups em seu servidor? Não se preocupe, fale agora com nossa equipe de suporte e seja feliz!